Vin Diesel é acusado de agressão sexual


Vin Diesel, astro da saga “Velozes e Furiosos”, foi acusado de agressão sexual por uma ex-assistente que trabalhava para o ator em 2010.

Asta Jonasson entrou com uma ação na quinta-feira em Los Angeles, alegando que Diesel a forçou a ter contato sexual em uma suíte de hotel em Atlanta. A denúncia afirma que ela tentou fugir do quarto depois que Diesel a forçou a ir para a cama, mas que o ator atrapalhou, se aproximou dela, tocou seus seios e beijou seu peito.

Diesel tentou tirar sua calcinha, fazendo-a gritar e correr para um banheiro próximo. Eventualmente, ele a forçou a tocar seu pênis ereto e começou a se masturbar, de acordo com a denúncia dela.

O processo diz que Jonasson fechou os olhos com medo de que Diesel ficasse ainda mais chateado e quisesse que a agressão acabasse. Jonasson foi demitido horas depois pela irmã do ator, Samantha Vincent, que também é presidente de sua empresa One Race Productions.

O processo dizia que Jonasson se sentia um “pedaço de lixo” e que sua autoestima estava “destruída”. “Ficou claro para ela que estava sendo demitida porque não era mais útil: Vin Diesel a usou para satisfazer seus desejos sexuais e ela resistiu às agressões sexuais dele”, afirma o processo.

Jonasson processou Diesel e sua empresa por criarem um ambiente de trabalho hostil, supervisão negligente e demissão injusta, entre outras coisas. “Deixe-me ser muito claro: Vin Diesel nega categoricamente esta alegação em sua totalidade”, disse o advogado Bryan Freedman em comunicado divulgado pela Variety. “É a primeira vez que ele ouve falar dessa acusação de mais de 13 anos feita por um funcionário que supostamente trabalhou 9 dias. Há evidências claras que refutam completamente essas alegações malucas.”

A advogada de Jonasson, Claire-Lise Kutlay, disse em um comunicado que o processo de seu cliente visa responsabilizar Diesel e aqueles que “permitiram e encobriram este ataque sexual por suas ações hediondas”.

“Os empregadores devem proteger e defender as pessoas quando estas se manifestam em casos de agressão e assédio sexual”, disse Kutlay. “Esperamos que a corajosa decisão da Sra. Jonasson de se apresentar ajude a criar mudanças duradouras e a capacitar outras vítimas.”

A Associated Press geralmente não divulga os nomes das supostas vítimas de violência sexual, a menos que elas se identifiquem publicamente, como no caso de Jonasson. Diesel interpreta Dominic Toretto desde o primeiro filme da franquia “Velozes e Furiosos”, em 2001. Os filmes têm feito grande sucesso de bilheteria nacional e internacional, e cada um dos dois últimos episódios arrecadou mais de 1 bilhão de dólares. dólares.

Há alguns meses, o décimo filme da saga, “Fast



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here